Eles já são velhos conhecidos de todos e já são bem velhinhos de idade também, já se fossemos colocar uma idade neles, estariam na casa dos 42 anos de idade mais ou menos. Apesar da primeira patente de sistema que conhecia a escrita de caracteres sem uso de teclado ser datada do ano de 1915, foi em 1968 que o conceito Tablet/PC saiu do papel.Alan Kay e a Xerox Palo Alto Research Center lançaram o Dynabook que foi criado para auxiliar nos e oferecer mobilidade a crianças carenciadas em sua educação.

O avanço nesse sentido se deu com as diversas inovações apresentadas em filmes e nas séries de televisão, já que a imaginação ganha vida e o que achamos remotamente possível no mundo real, nos filmes e séries é tudo uma questão de qual personagem vai construir o que, se pegarmos o Tony Stark de Hollywood veremos o exemplo perfeito, até a viagem no tempo ele desvendou! O Dynabook ainda possuía um teclado, porém seu design é muito perto do que temos hoje.

A Apple inovou em 1993 quando lançou o Newton MessagePad que era o que mais próximo tínhamos, para a época, do que seria o tablet, dimensões pequenas e uma caneta para realizar as funções direto na tela. Muito utilizado para desenhos como gráficos e afins.

Mas foi nos anos 2000, mais precisamente em 2001 a Microsoft lançou o Windows XP Tablet Edition, de fato um PC de mão, com tela sensível ao toque e sistema operacional XP, uma revolução e um salto para o que teríamos no futuro nesse sentido. Sua autonomia de bateria era de apenas 4 horas, mas levar em consideração a parafernalha que era um computador, ter um dispositivo “parecido” e de mão era o futuro.

Hoje em dia são incontáveis a marcas e modelos já existentes no mercado, Apple, Microsoft, Samsung e muitos outros brigam para lançar sempre um modelo mais poderoso que o da sua concorrente. Seja para estudo, trabalho ou lazer, um tablet pode ser a solução dos seus problemas, se você é daqueles que fazem “milagres” em seu smartphone com esse tamanho de tela, então com o tablet certo você pode fazer ainda mais.

Já que é assim vamos te dar algumas opções de tablets que vão atender desde os que precisam dele para estudos, até os profissionais que precisam de uma ferramenta compacta, acessível e que tenha dimensões maiores do que seu celular, vamos a lista.

As dicas que iremos apresentar aqui não terão qualquer priorização de marca ou mesmo escala de preço, mas sim funcionalidades e a possibilidade de atender para o fim que estamos apresentando.

Estudo

Antes de começarmos, temos algumas dicas que podem lhe ajudar na análise e assim na hora de escolher seu tablet para estudar nem vou falar conectividade com internet porque se não tiver isso desista de cara:

Assistir vídeo aulas – Esse é o básico que o tablet tem que fazer, já que se você necessita de um dispositivo para lhe auxiliar fora da sala de aula e ele não lhe permite assistir de forma razoável essas aulas então sem chance, seja para crianças ou jovens e adultos;

Leitura de texto em PDF – Esse aqui é para um estudante um pouco mais avançado e os universitários, que em sua grande maioria recebem seu material de estudos nesse formato, já que além de não permitir edição direta os arquivos ocupam menos espaços na memória, e se puder grifar partes e comentá-las para não esquecer depois é melhor ainda;

Tamanho de tela – Quanto maior melhor, a depender do conteúdo que você vá assistir e se vai precisar ler um texto, uma tela maior vai lhe permitir ver mais detalhes do vídeo, como apresentação de slides por exemplo e afins, se tratando de texto isso vai auxiliar no menor esforço para ler as palavras e prejudicar menos seu entendimento e sua visão.

Rodar App – Para os mais exigentes, o tablet tem que ter o mínimo de memória RAM que permita rodar alguns app básicos como visualizador de PDF, passei direto, Onenote e afins, para possibilitar uma maior gama de aprendizado.

Memória Interna – Esse é para os mais exigentes ainda ou os mais exigidos. Para aqueles que necessitam de conteúdo armazenados no dispositivo como as aulas em vídeo por exemplo, é interessante que seu tablet tenha um mínimo de 32GB e seja expansível para que você não sofra tanto tendo que apagar conteúdos para caberem mais. Uma boa opção é armazenamento na nuvem.

Agora podemos ir para nossa lista.

Tablet M7 3G Plus

Esse modelo da multilaser é uma boa opção para quem quer um tablet funcional e barato . O Tablet M7 3G Plus está na faixa de preço dos R$489,00 em média, sua configurações são básicas, o que justifica o preço também.

Ele vem com 1GB de RAM e com 16GB de armazenamento e um processador quadcore, levando em consideração que a maioria das aulas são online e não tenham a necessidade do download de arquivos grandes esses 16GB vão render que é uma beleza e ainda pode receber mais um MicrosD de 32GB. Seu sistema operacional é o Windows 10 e conectividade por Wi-Fi e Bluetooth.

A tela é de cerca de 7 polegadas. Esse modelo serve para estudantes que não precisam de um equipamento mais “completo” como alunos de educação mais de base, já que a necessidade deles é apenas as vídeo aulas, então pode ser uma boa opção para você.

Galaxy Tab A

Esse modelo da Samsung vai atender aos alunos diversos, sejam eles da educação básica que precisam para assistir sua video aulas com mais comodidade, de onde estiver, um estudante mais avançado ensino médio por exemplo e até um universitário, além de atender bem a criançada também, por isso o Tablet Samsung Galaxy Tab A é uma opção que vai lhe atender sem problemas.

Seu processador é um quad core de 2Ghz e vem com memória RAM de 2GB e 32GB de memória interna que pode ser expandida até 512GB via MicroSD. Tela de 8 polegadas, bateria de 5.100mAh, 4G, ou seja, pode ser usado até como celular, Wi-Fi, e câmeras de 8Mp e 2.2Mp, lhe permitindo fazer, vídeos chamadas, videoconferências e afins.

É um modelo básico/intermediário, para uso moderado, para um usuário não tão exigente, sem contar que dá para assistir filmes e séries numa boa, realizar algumas tarefas, jogos leves e tudo isso por cerca de R$930,00 em média, o valor é bem maior que nosso modelo anterior, mas as configurações dele também mais que dobram, o que acaba justificando o preço.

Trabalho

Tudo depende do tipo de atividade que você exerce, não adianta colocarmos o melhor que o mercado oferecer, sendo que seu uso estará abaixo da necessidade, se para trabalho a sua função compreende apenas fazer vídeo conferências, ou seja, comunicação a distância, então um modelo intermediário pode lhe atender muito bem.

Para trabalhos Premium o serviço oferecido tem que ser “Premium” para poder valer a pena o investimento, já que você vai lidar com trabalhos e app pesados e que necessitam de hardware que ofereça mais do que o básico para realizar as suas funções, como uma boa quantidade de RAM, mais armazenamento, processador mais avançados e afins, sem contar que para o designers, quanto maior a tela melhor.

Para resumir, quanto mais melhor!

Galaxy Tab S6

Escolhemos esse modelo de Samsung por oferecer os pré-requisitos que falamos agora pouco e o modelo que estamos apresentando o Galaxy Tab S6 mostra isso. Outro ponto a ser destacado é que como na maioria dos produtos eletrônicos, quanto melhor o produto mais caro ele fica, e aqui não foge a regra já que esse modelo está na faixa de preço dos R$4.300,00 em média.

Sua tela imersiva é gigante com 10.5 polegadas que são relativamente bem aproveitadas, mas ainda possui bordas “salientes”, mas isso não é um problema numa tela desse tamanho. Uma super AMOLED com 1600×2560 pixels e densidade de 287 ppi, com 16 milhões de cores, uma tela e tanto.

Seus sistema operacional é Android 10 Samsung One UI 2.1 mas é bem provável que receba a atualização para o Android 11 que já está disponível para alguns dispositivos. Seu processador é um octacore Qualcomm Snapdragon 855 de 1x 2.84 GHz Kryo 485 + 3x 2.42 GHz Kryo 485 + 4x 1.8 GHz Kryo 485 e sua GPU é uma Adreno 640, 6GB de RAM, 128GB de memória interna expansível até 1TB

Sua conectividade é via Wi-Fi e Bluetooth. O suporte para sua caneta não existe, ela é magnética e fica presa na parte traseira do tablet. Uma das funções interessantes é que com a “S Pen” você pode abrir o bloco de notas e fazer anotações enquanto assiste aos seus vídeos, sem contar que pode usar a S Pen para controlar o dispositivo como um todo via Bluetooth.

Para o designers além da tela espaçosa, a S Pen oferece 4096 pontos de pressão que possibilita um controle maior do desenho que esteja produzindo na tela, seja um gráfico ou dimensões para um projeto de arquitetura ou até mesmo para os designers gráficos que criam logotipos, desenhos artísticos e afins.

Sua bateria também é bem robusta, trata-se de 7.040mAh se formos medir em horas de reprodução de música, seriam cerca de 15 horas de autonomia sem carregar. Outros dois pontos interessantes são o Samsung DeX que transforma seu tablet num PC de mesa e o modo Multi-Janela para que posso realizar mais de uma ação ao mesmo tempo.

Esse modelo também utiliza a rede LTE o que permite cerca de 2 Gbps de download e uploads de até 150Mbps, além de tudo isso possui sensor de impressão digital integrado a tela. Um conjunto Premium para tarefas Premium. Ah e para não esquecermos, ele foi escolhido como melhor tablet Android de 2020, mais alguma coisa?

Ipad Mini 5

Se você é fã de carteirinha da Apple, mas também não abre mão de ótimas configurações então o Ipad Mini 5 é o modelo que você deve considerar. Ele é “mini apenas no tamanho já que possui uma tele de apenas 7,9 polegadas, e é ideal para se carregar numa bolsa e está na faixa de R$4.900,00.

A sua tela é de retina o que amplia todo poder dos 3 milhões de cores com a tecnologia True Tone” que ajusta o tom de branco das imagens para ficarem mais nítidas em qualquer iluminação, sem contar que o alto brilho, tonalidade de cores e o revestimento antirreflexo deixa os tons mais nítidos, seja para ler um livro ou editar um vídeo.

Saiba que seu processador é A12 Bionic o mesmo processador que você encontrar no Ipad Air 3ª geração para começar. Esse modelo da linha mini agora vem compatível com a Apple Pencil, a “canetinha” da Apple, não disponível em outras versões, o que vai dar uma liberdade criativa ainda maior, mas é vendida separadamente.

Além do A12 Bionic, o Ipad Mini 5 possui Neural Engine, que usa aprendizado de máquina em tempo real, reconhecendo padrões, faz sugestões e aprende com o uso. Isso lhe permite rodar com fluidez programas como Photoshop CC, Illustrator, app para montagem de plantas arquitetônicas e edição de vídeos ou áudio como o garageband por exemplo. A ideia de realidade aumentada nesse modelo promete rodar jogos com gráficos muito semelhantes ao oferecidos pelos consoles.

E não ache que esquecemos de falar da sua memória interna não, ele vem em duas versões 64GB e 256GB, sua bateria é de 19,1 w/h o que dá uma autonomia de cerca de 10 horas de uso. Ele vem com o sistema operacional IpadOS com recursos poderosos e apps incluídos desenvolvidos para aproveitar ao máximo as possibilidades do iPad, como usar vários apps ao mesmo tempo no modo arrastar e soltar usando gestos multi-touch.

Ele oferece uma gama enorme de apps sejam os pré-instalados quanto os gratuitos em sua loja e não adianta que não é possível falar de todos eles aqui.

É fato que existem modelos com maior potência, se você quiser o melhor tablet de 2020 por exemplo pode optar pelo Ipad Pro, mas aí estamos falando das cifras na casa dos R$10.000,00 ou então o Galaxy Tab S7 da Samsung que está próximo dos R$6.000,00.

Existem outros modelos mais em conta do que os que apresentamos e que podem lhe atender muito bem, o ideal antes de escolher o seu, além de verificar o orçamento, é saber qual a sua necessidade, assim saberá qual modelo com certeza você pode e deve comprar. Esperamos que essas dicas ajudem você nessa jornada e se quiser outras dicas, clica aqui e fique a vontade.

Sobre o autor

Paulo Canuto

Estudante de jornalismo, apaixonado por comunicação, música, cultura pop e tecnologia.

Ver todos os artigos