Com o lançamento de iPhones mais recentes da Apple, o iPhone 6 foi um que caiu muito de preço em 2020 chegando finalmente perto daquele valor que o brasileiro gosta! Próximo aos 1.500 reais, valor médio que atrai a atenção dos consumidores, mesmo tendo sido lançado em 2014, ainda consegue competir no mercado dos smartphones. 

No entanto, antes de investir neste aparelho, é importante colocar na balança alguns aspectos importantes que fazem total diferença na hora da escolha do melhor desempenho e usabilidade de um celular, como exemplo as atualizações do sistema operacional, a resolução da tela, a capacidade da memória, a câmera, dentre outros. 

Para te auxiliar a decidir se o iPhone 6 compensa ou não compensa atualmente, separamos alguns pontos para elucidar essa dúvida! 

PONTOS POSITIVOS

Design

Ainda em 2020, o design do iPhone 6 se destaca pela beleza, elegância e um acabamento bastante resistente. Em função de seu acabamento em alumínio anodizado, revela uma certa vantagem quanto aos de vidro dos smartphones mais recentes.  

Apesar das críticas pelas bordas espessas, a sua espessura de 6.9 milímetros agrada aqueles que preferem celulares mais compactos e de fácil manuseio. 

Tela

Possui a famosa tela de retina da Apple e 4,7 polegadas, que mantém uma boa qualidade de imagem e resolução aprazível que continua agradar os fãs da marca. Ainda que não possua a resolução mais recente, HDR, conta com uma resolução HD que não deixa a desejar para quem busca um celular para uso mais básico.  

Câmera

Sua câmera de 8 megapixels permite ao usuário fotos com uma resolução de 3264×2448 pixels e vídeos em alta definição (Full HD) com uma resolução de 1920×1080 pixels. É fácil perceber, para um celular de 2014, alta nitidez e uma boa performance nas imagens, ainda que em iluminação baixa. 

Inclusive,a câmera comporta-se de forma muito boa nas redes sociais, principalmente no Instagram, que graças à boa otimização no IOS, demonstra boa fluidez na gravação de vídeos.

Entrada P2 para fones de ouvido

A partir do iPhone 7, os celulares da Apple passaram a aceitar somente fones com a entrada “Lightning”, a mesma entrada dos carregadores, ou os “Airpods”, fones com transmissão via Bluetooth. 

Essa é uma grande crítica aos novos modelos, pois, o usuário é privado de utilizar os fones de ouvido e carregar o celular ao mesmo tempo. Desta forma, preferir um modelo mais antigo pode ser vantajoso se você não quer se preocupar com adaptadores ou é adepto aos fones até mesmo quando o celular está na alimentação. 

Processador e Memória

Possui um processador1.4 GHz Dual Core, que serve de forma bastante satisfatória para os usuários que buscam um celular secundário ou, para os usos mais básicos. Aliado ao sistema IOS, os modelos quando novos não costumam travar e podem aguentar, com boa performance, jogos e apps rodando ao mesmo tempo. 

Sua memória alcança até os 128 GigaBytes, o que é mais do que suficiente para quem busca um celular para uso trivial. 

Por outro lado…

PONTOS NEGATIVOS

Atualização do IOS

O IOS é um sistema bastante intuitivo, de fácil compreensão e utilização. Contudo, o iPhone 6 teve sua atualização limitada ao IOS 12, não suportando atualizações mais recentes como o IOS13 e o atual, 14. Isto torna arriscado o investimento em 2020 em um aparelho de celular cujo prazo de desempenho está declinando. 

Não necessariamente significa que irá afetar o rendimento do iPhone de forma imediata, já que o uso do IOS12, ainda que ultrapassado, comporta a maioria dos aplicativos correntes. Contudo, com novos lançamentos de 2019 e 2020, novos aplicativos e softwares podem tornar-se incompatíveis com o sistema antigo. 

A curto prazo, não é algo que atrapalhe a atualização dos arquivos e compromete a utilização. Mas em médio e longo prazo, é algo que deve ser posto na balança. 

Funções da Câmera

De maneira geral, durante a iluminação diurna, o iPhone 6 entrega bons resultados. Entretanto, por não possuir o “Modo Noturno”, deixa a desejar quando em fotos durante a noite ou em locais com baixa iluminação.

E é claro, não conta com o queridinho “Modo Retrato”, inovação da Apple a partir do iPhone 7 Plus, presente em alguns modelos Android. Este modo cria um efeito de profundidade, onde mantém a nitidez de um objeto contra um fundo desfocado resultando em imagens com mais qualidade. Isso com certeza pode ser um fator desanimador para aqueles que prezam por excelência de imagens e fotos mais elaboradas. 

Entrada para Cartão de Memória

Fator comum em todos os aparelhos da Apple, os iPhones não contam com entrada de cartão de memória, o que restringe o armazenamento dos arquivos em geral somente à memória de fábrica, que, inclusive, varia entre 16GB à 128GB de acordo com o preço do celular. Por isso, caso decida dar uma chance a esse aparelho, saiba que é preciso balancear a quantidade de arquivos com o uso dos aplicativos.

Evidentemente, o iPhone 6 já não se encontra mais no catálogo da Apple por já estar fora de linha, mas se você está atrás deum celular para uso mais rotineiro como envio e troca de mensagens, navegação na Web ou uso comum das redes, ele pode atender suas expectativas. Mas se faz o tipo mais conectado, valoriza o desempenho de uma câmera e imagem, e busca alta performance em um celular, este não é o aparelho perfeito para você.  

PRINCIPAIS ATRIBUTOS

Cores disponíveis: Cinza, Prata e Dourado;

Tela: 4,7 polegadas com resolução HD;

Processador: Apple A8 dual-core com 1,4 GHz;

Memória RAM: 1 GB;

Armazenamento interno: 16 GB à 128GB;

Câmera traseira: 8 MP (f/2.2) com foco automático;

Câmera frontal: 1.2 MP (f/2.2);

Sistema operacional: iOS 12.4.6.

Se quiser saber um pouco mais sobre outros aparelhos da apple leia nossos artigos relacionados, como Ainda vale a pena comprar o Iphone 8?

Marcado em:

,