A  Shenzhen DJI Sciences and Technologies Ltd. ou apenas como é conhecida DJI é a líder mundial em fabricação e distribuição de veículos aéreos comerciais não tripulados, ou como todos conhecemos os drones para fotografia aérea e gravação de vídeos. Mas o que muitas pessoas não sabem é que ela também fabrica câmeras de ação, gimbals de câmera, plataformas de voo, controladores de voo e sistemas de propulsão.

A empresa domina o mercado de drones civis sendo que ocupa cerca de 74% de do consumo, isso em 2018 sendo que nenhuma outra empresa passou dos 5%. Sua tecnologia de drones + câmeras estão no topo das buscas por profissionais dos mais variados segmentos, música, cinema, TV, profissionais que trabalham com filmagens de eventos como um todo, para topografia e outros serviços das chamadas “ciências duras”.

Ela tem sido importante aliada das forças policiais, já que seus equipamentos permitem chegar a áreas de difícil acesso e com a qualidade das câmeras é possível ter uma maior riqueza de detalhes do local acessado, o que auxilia demais num trabalho de investigação por exemplo, ou no controle de multidões já que fica possível mapear a quantidade de pessoas num determinado lugar e dirigir equipes para o local.

Gimbals de câmera, estabilização de câmeras, filmadora

Não só de drones vive a empresa, mas também possui uma vasta gama de outros equipamentos para fotografia e videografia e nesse sentido vai muito bem obrigada. Alguns produtos como o Ronin (S, SC) são gimbals ou estabilizadores, podendo serem chamados levianamente de tripés profissionais e focados para profissionais de filmagem, sendo direcionado a indústria cinematográfica alguns de seus modelos, mas também voltados para o consumidor.

Outro produto com forte apelo são os da linha Osmo, Osmo Ação e sua versão de bolso a Osmo Pocket  que é de quem vamos falar aqui. Ele foi lançado no final de 2018 e a sua função é bem como o nome fala, ser uma versão de bolso da linha, mas com uma configuração robusta e permitindo fazer fotos e vídeos em altíssima qualidade.

Osmo Pocket

Como já dissemos a Osmo Pocket foi lançada no final de 2018 e foi lançado como câmera de ação com estabilizador de câmeras ativo. Ele é menor que um controle remoto levando em consideração tanto a câmera quanto seu estabilizador de 3 eixos ativo, ideal para carregar no bolso ou numa bolsa sem problemas, vamos falar dos “prós e contras” primeiro depois falamos do preço.

Ele não necessita de nenhum outro dispositivo acoplado a ele, como um smartphone por exemplo. Ter uma solução como essa abre um leque de possibilidades enorme, pois imagine só para pessoas que possuem um vlog de viagem por exemplo que não precisa perder nenhum momento, seja aqueles mais simples aos mais inusitados. Já que ele permite gravar vídeos em alta qualidade, com som também.

Outro profissional que pode explorar bastante esse equipamento, são os profissionais de jornalismo. Já que tudo hoje em dia é pauta, que o jornalista é multiprofissional se tem um furo de reportagem em vídeo ele poderia usar esse equipamento para ter uma qualidade de cinema por assim dizer e levar um conteúdo mais nítido para seu público.

Profissionais de vídeo também podem usar esse modelo sem nenhum problema, pois além dele filmar em alta qualidade o profissional ainda ganha em mobilidade, já que por conta do seu tamanho e peso as tomadas de vídeo podem se tornar mais fluídas e haver alternações mais rápidas, que as vezes ficam mais difíceis com as câmeras mais pesadas.

Prós

Vamos começar pelo tamanho, como já foi dito ela é menor do que muitos controles remotos, com dimensões de 121,9×36,9×28,6mm a depender do tamanho de sua mão ele pode até ficar escondido nela, e seu peso total é de 116g, muito mais leve que muitos smartphones por aí que nós andamos com ele na mão sem muitas preocupações nesse sentido.

Um dos atrativos principais é sua estabilização, no site da fabricante tem vídeos com exemplos de gravações feitas com ela que sugerem que está sendo feitas com câmeras paradas, tamanho é a estabilização, pessoa correndo, acoplada em suporte sobre o dorso de um cachorro, além de suporte no capacete de um motociclista de MotoCross.

Foco refinado que num modo rápido é bem estável e tende a acompanhar o objeto em que esteja focado, acompanhar de fato, não precisar virar a câmera ela mesmo segue o objeto quando selecionado e isso pode ser feito com dois toques na tela (sobre o objeto) para ativar o “Active Track”.

Outros pontos interessantes é o fato de ela filmar e fotografar tanto na vertical quanto na horizontal que ao virar para alguma dessas orientações a câmera faz o movimento acompanhando o movimento.

Possui alguns modos de gravação (ver nas especificações mais abaixo) e um deles sendo slow motion num modo “cinematográfico”, o legal desse modo é para quem quer gravações mais artísticas e afins. A qualidade do vídeo exportado nesse modo é de 1080p a 30 fps.

Ela é uma versão resumida de uma câmera “semi-profissional” porque suas especificações permitem controle de iso, velocidade do obturador, e afins, o que faz de suas gravações, tanto externas quanto internas tem uma qualidade de vídeo profissional num equipamento tão compacto.

Traz 3 configurações para o gimbal (pode chamar de suporte para a câmera se quiser), a primeira é a “Tilt Locked” que é um modo que estabiliza na linha do horizonte mantendo essa linha mesmo ao movimentar o equipamento. O segundo modo é o “Follow” que acompanha a cena e com o Active Track você pode acompanhar uma pessoa ou um carro, por exemplo numa boa.

O terceiro modo é mais direcionado para quem vai filmar a si mesmo, que pode ser pensando para quem faz vlogs por exemplo. É o “FPV” que é um modo mais “livre” e que acompanha até movimento bruscos e mais rápidos sem perder o que está acontecendo e sem demoras.

Outro ponto extremamente positivo é a qualidade de sua câmera, a riqueza e profundidade das cores é impressionante, muito disso se deve ao seu sensor, lente e as configurações que estão mais robustas, ao que se parece, do que em modelos como a Osmo Action, já funciona melhor em baixa luz.

Contras

Para começar com os contras o preço, ela varia, muito se vale de onde vai comprar, dos R$4.780,00 um valor alto se considerar que você não é um profissional de uma área que lhe exiga um equipamento como esse ou que lhe pague para isso. É um detalhe que não pode ser ignorado na hora da escolha de um equipamento de gravação, sendo que possui outros equipamentos com valores bem menores no mercado.

O slow motion é um atrativo interessante, porém para quem for buscar “cenas maiores” que necessitam de um enquadramento mais preciso, é necessário que se afastem um pouco da cena, pois ele aproxima a imagem e se for usar esse modo em selfie é ainda pior, porque além do incômodo de esticar demais o braço, pode ser que você precise de uma extensão (popularmente chamada de “pau de selfie”) e isso limita um pouco.

Alguns comandos poderiam ser mais simplificados, como por exemplo girar a câmera para ficar modo selfie, você precisa acessar o menu na tela escolher esse comando para que a câmera vire, poderiam ter incluído esse modo de giro num botão no corpo do gimbal.

Apesar de ter microfone integrado para permitir a gravação de voz sem precisar de um microfone externo, a depender do conteúdo, em alguma situações você precise aumentar um pouco o volume na edição para deixar o áudio um pouco mais claro, nada de absurdo, mas é um ponto a considerar.

Os diversos modos dele não decepcionam se usados direto no gimbal, porém se você quiser mais recursos ou acesso a todos os recursos você vai precisar conectar seu smartphone e usar sua Osmo Pocket via app DJI Mimo.

E falando desse ponto especificamente, o apoio fica um pouco mais difícil, já que se trata de um equipamento bem compacto e leve, quando se conecta um dispositivo mais pesado que ele você tende a pesar para o do smartphone por exemplo e isso tira um pouco da mobilidade que ele tanto oferece, e isso pode necessitar de outros acessórios como um tripé.

Especificações 

Câmera

Seu sensor é um CMOS de 1/2.3, com pixels efetivos de 12M, já a sua lente tem um campo de 80° e com abertura de 2.0 (F2.0) que equivale a uma 26mm. O alcance de ISO é de 100 à 3200 tanto para foto como vídeo com velocidade de obturador de 8s – 1/8000s. A dimensão máxima das imagens é de 4000×3000 pixels e ela vem com Disparo único; Panorâmica; Timelapse; Motion Lapse; Hyperlapse.

Mais precisamente para vídeo sua resolução está em 4K Ultra HD: 3840×2160 24/25/30/48/50/60p e Full HD: 1920×1080 24/25/30/48/50/60/120p. Seus modos de gravação de vídeo são o automático e câmera lenta que vamos falar dele um pouco mais a frente, sua taxa de bites máximo é de 100mbs, o que não é nem de longe pouca coisa.

Ela suporta os seguintes arquivosFAT32 (≤32 GB) e exFAT (≥64 GB), para foto o básico JPG/JPEG+DNG e para vídeo MP4/MOV (MPEG-4 AVC/H.264). Seu armazenamento é via microSD de no máximo 256 GB e tem saída de áudio de 48 KHz AAC.

Bateria

Possui uma bateria de LiPo de 875 mAh com energia de 6.738 Wh e tensão de 7,7V, isso lhe permite até 2h20 de gravações de vídeo a 1080p com 30 fps. Em uso sua bateria vai de 0° à 40° e seu tempo de carregamento de pouco mais de 1h se usado um carregador de 10W.

Estabilizador

Seu giro vai de -230° à 50°, inclinação de -95° até 50° e rotação ±45°, ele tem uma velocidade de controlável interessante que pode chegar à 120° de controle por segundo com um alcance de vibração angular de ±0,02°.

No estabilizador é onde a mágica acontece já que é nele que está todos os botões de controle, assim como a tela touch da Osmo Pocket. Possui dois microfones, entrada USB tipo C, uma porta universal que você acoplar seu smartphone se quiser, botão para gravação e afins.

Se você quiser ter uma noção maior desses prós e contras em funcionamento, você pode acessar alguns reviews bem interessantes no Youtube, que podem, junto com as nossas informações te ajudar a decidir se vale ou não a pena investir nesse equipamento. E se quiser mais outras dicas interessantes clica aqui.

Sobre o autor

Paulo Canuto

Estudante de jornalismo, apaixonado por comunicação, música, cultura pop e tecnologia.

Ver todos os artigos