Você sabia que passamos 1/3 da nossa vida na cama? Então é imprescindível que tenhamos uma cama realmente boa. É durante o sono que o corpo faz a regeneração celular, além de fortalecer o sistema imunológico e consolidar a memória e o aprendizado. E claro, o corpo agradece. Dormir em um colchão de má qualidade pode trazer problemas irreversíveis no futuro, principalmente às costas! Mas como escolher o colchão ideal? Separamos 5 modelos para você.

O que é preciso saber antes de comprar?

Existem diferentes tipos de colchões disponíveis no mercado. Vamos a eles:

Mola ensacada

As molas são ensacadas de forma individual, ou seja, elas não saem do colchão, consequentemente, se você estiver dormindo com alguém e ela se movimentar, isso não vai interferir na base de sustentação, podendo atrapalhar o seu sono.

Mola bonnel

Mais barato, as molas são interligadas, ou seja, sempre que houver pressão sobre elas, haverá mudança gradual ao redor, porém, seu conforto e durabilidade são maiores que um de colchão de espuma.

Espuma

Mais simples que os anteriores, o colchão de espuma é bem fácil de ser encontrado. Ele garante mais sustentação à coluna, já que deforma menos.

Viscoelástico

Uma versão top do colchão de espuma, o modelo é confeccionado como os travesseiros da nasa, possuindo camada com diferentes densidades sobrepostas – se adaptam mais confortavelmente ao peso.

O que é e qual a densidade do colchão?

Densidade é a quantidade de peso aplicado a uma parte do colchão sem que ele se deforme. Os parâmetros entre os colchões de mola e espuma são totalmente diferentes! No primeiro o peso suportado vai variar de acordo com o tipo de material, já o segundo vai de acordo com a tabela:

Tabela de densidade do colchão

Certificação

Observe se o colchão possui certificação! Isso mostrará que ele é adequado às exigências mínimas de resistência, deformação, revestimento, durabilidade e outros.

Quanto mais duro, melhor para a postura?

Mentira! O colchão deve se ajustar ao seu corpo, respeitando a curvatura natural e alinhamento a coluna. Procure o mediano: nem muito mole, nem muito duro.

Teste

Independente que o modelo mediano seja o melhor, não compre o colchão sem testá-lo. Deite de verdade e sinta-o por uns 2 minutos; se não tiver vergonha, fique na posição em que dorme, é a melhor forma de saber se realmente gostou.

Diferenciais

Há alguns diferenciais no mercado de colchões que podem fazer toda a diferença na hora da sua compra:

Pillow Top, Euro Pillow e Orto Pillow

É um mini colchão por cima do colchão. Geralmente feito com espuma de maior resiliência, como poliuretano, gel, viscoelástica e hiper AMX. A Euro Pillow costuma ser mais fina. Já a Orto Pillow é mais confortável e firme, reforçando a sustentação do colchão.

Ortopédico

Os colchões ortopédicos já não são mais duros como antigamente. Hoje apenas não cedem muito com a pressão, afundando o suficiente para deixar a coluna reta.

Colchão Espuma Ortopillow – Ortobom

A Ortobom usou madeira na confecção do Ortopillow, responsável pela firmeza, e espuma, que oferece o conforto. O revestimento conta com tratamentos antiácaro, antialérgico e antifungo. Euro Pillow é mais uma tecnologia do colchão. Suportando até 150 kg, sua densidade é D33.

Colchão Espuma Ortopillow – Ortobom

Perfect Breathing ARIA 3D

Essa é uma nova tecnologia no mercado, permitindo a circulação de ar do colchão de forma contínua; controla a umidade e o calor, proporcionando um sono mais confortável. A melhor marca desse estilo é a Castor.

King Size Plush Light Stress – Castor

Com armação de tecnologia suíça, o colchão Plush Light vem com molas ensacadas individualmente com tela de polipropileno. As bordas são perimetrais em Espuma Resistente. Ele possui 34 cm de altura; sustenta até 120 kg (por pessoa); seu conforto é intermediário.

Tratamento do tecido: Celliant Sllep, Stress Free e Perfect Breating Aria 3D.

Stress Free

O tecido com essa tecnologia possui fios de aço de carbono, auxiliando na transmissão da carga eletrostática do corpo para a terra; alivia o stress e melhora o sono.

Alças Laterais e respiros laterais

Ambos fazem com que o colchão tenha mais ventilação, evitando o mau cheiro e mofo.

Sistema No Turn

Não precisa mais fazer rodízio para aproveitar o outro lado do colchão; traz estabilizadores laterais.

Colchão Freedom – Ortobom

O modelo Freedom conta com estrutura em molas ensacadas individualmente, além de ser revestido em malha hipersoft com elastano e tratamento evo care. Ele possui respiros laterais; suporta até 150 kg.

Forração Matelassê Bordado

Se preocupa com estética? Então o bordado matelassê é o indicado. Ele acrescenta volume ao bordado, aumentando a maciez e deixando o acabamento bonito.

Colchão Espuma Light – Ortobom

Resistente e confortável, o colchão de espuma Light sustenta pessoas com até 100 quilos. Sua espuma é a D33 Pró Aditivada de Alta Performance; o tampo é bordado em Matelassê; o revestimento é em Viscopoli com tratamento antialérgico e antiácaro; possui 14 cm de altura.

Tratamentos do tecido: antiácaro, antialérgico, antibactéria, antifungo, antimofo

Ideal para os alérgicos de plantão. Felizmente já acompanham quase todos os colchões do mercado.

Colchão Mola Nanolastic – Ortobom

Com bom custo-benefício para quem quer um colchão com molas, o Nanolastic Ortobom D33 garante durabilidade, tendo bom suporte ao peso. Esse modelo é versátil porque combina com vários perfis de peso/altura, porém a capacidade máxima indicada é de 100 kg. Ele possui 23 cm de altura, tem revestimento de poliéster com viscose, tratamento antiácaro e antibactéria, e tecnologias Pillow In e Respiros Laterais.

Deu para perceber que para comprar um colchão não basta simplesmente deitar sobre ele, né? Você precisará observar todos os detalhes importantes como os tipos e a densidade, mas também os extras, que podem fazer toda a diferença para você.