A espera acabou, é hoje o lançamento do mais novo smartphone top de linha da Asus, o Zenfone 7 que vem para brigar com os grandes que já existem no mercado, e pelas suas configurações, a briga vai ser muito boa! Logo no primeiro dia do mês a Asus começou a convidar a imprensa para o lançamento, o evento de lançamento irá ocorrer às 19h e quem quiser participar basta acessar o site dedicado para o lançamento.

Ele foi homologado na Anatel no última dia 28 e vem com especificações poderosas e dignas de smartphones gamer, dentro das possibilidades de um aparelho que não é pensado para esse fim. Diversos detalhes foram mantidos do Zenfone 6, assim como as suas faltas e alguns vários melhoramentos. Além da versão 7 da família também teremos o 7 Pro que não existem tantas diferenças assim.

Review do Asus Zenfone 7 Pro: o rei da selfie não perdeu seu trono | NextPit

Design

Essa aqui não é uma surpresa e para quem estava esperando algo de “novo” se decepcionou, porque é basicamente estar olhando para o Zenfone 6 com a adição de uma câmera a mais, ponto. De diferença “gritante” temos apenas o sensor de impressão digital que no 6 fica na parte de trás, na tampa do smartphone.

Zenfone 7 vs. Zenfone 6: o que muda de uma geração para outra?

Apesar de falar dessa forma, isso não é basicamente um ponto negativo, pois o design da versão anterior é muito bonita, um smartphone grande, com detalhes de cores muito interessante e que dá um charme a esse produto, os novos celulares chegaram nas cores Aurora Black e Pastel White e sua tampa traseira é de vidro.

Tela

Aqui temos uma ótima evolução em relação ao Zenfone 6, além da tela ser maior eram 6.4 polegadas no 6 e no 7 temos 6.67 e para os haters que achavam que a tela seria novamente de LCD como no modelo anterior a Asus trouxe uma tela AMOLED fabricada pela Samsung, que por “não possuir” câmera frontal o aproveitamento da tela é quase que total, já que temos bordas bem finas com proteção Gorilla Glas 6.

ZenFone 7 é lançado em Taiwan; data para chegar ao Brasil ainda é um  mistério - Daniel Praciano - Diário do Nordeste

Aqui vai uma questão que vai de encontro com a subjetividade de cada usuário que é a taxa de atualização dessa tela. Temos modelos tops de linhas de diversas empresas que possuem taxas de atualização de 120Hz ou como é o caso do Rog Phone da própria Asus que possui 144Hz, bem que a empresa poderia ter apostado mais do que nos 90Hz de taxa de atualização, já que não temos tantas informações sobre ele, no quesito valor, bem que a empresa poderia ousar, já vai ser caro mesmo.

Proteção

Outro ponto negativo, não temos proteção IP68 no Zenfone 7 ou 7 Pro contra poeira e água, ou seja, para bem longe da água com ele por favor. Parece que a moda da Xiaomi está pegando, porque não sei o motivo da Asus é o mesmo da Chinesa mas estamos quase em 2021 e esse item de segurança deveria ser mais que comum nos aparelhos top de linha, que apesar de encarecer o produto eles já tem essa característica de serem caros mesmo.

Desempenho

Aqui é que as coisas ficam boas de verdade, já para a versão “normal” temos o processador da Qualcomm o Snapdragon 865 e na versão pro a versão plus do mesmo processador, o que faz do Zenfone 7 e 7 pro dois potenciais smartphones para abusar um pouco dos games e jogar em qualidade interessantes, pelo menos hipoteticamente falando, já que os reviews ainda não começaram a sair e assim como os zilhões de testes que são feitos.

sua GPU é a Adreno 650 nos dois modelos, de RAM o 7 vem em duas versões uma com 6GB e uma outra com 8GB e 128GB de armazenamento interno expansível até 2TB, já o pro tem apenas a versão com 8GB, com 256GB de memória interna e também expansível para 2TB. Ele vem com o Android 10 e também a polêmica ZenUI 7de fábrica e 5G.

Com essas especificações, não exagero chamá-lo de gamer não, mas é bom deixar claro que o Zenfone 7 ou 7 pro não foi fabricado para esse fim.

Bateria e Carregamento

Aqui é evolução e falta ao mesmo tempo, primeiro pelo carregador que evolui dos 18w de potência no Zenfone 6 para 30w no modelo atual, o que é prometido pela empresa um carregamento de cerca de 1h30 para ir de 0 à 100%, evolução, para a bateria nenhuma mudança já que temos os mesmo 5000mAh, porém temos mais processador, mais memória RAM o que pode e vai representar mais consumo.

Outro ponto a ser considerado ou mencionado é que ele não tem carregamento por indução, ponto negativo.

ASUS anuncia ZenFone 7 com três câmeras no módulo flip

Câmeras

A quem diga que foi exagerio da Asus aplicar no Zenfone 7 3 câmeras, a câmera de flip já não é novidade, pois o 6 conta também com essa tecnologia, porém a empresa afirma que melhorou seu mecanismo e ainda mais a durabilidade, ou seja, a vida últim do flip da câmera fica em torno do uso 100x por dia durante 5 anos ou 200 mil “flipadas” sem fadigar.

ASUS anuncia ZenFone 7 com três câmeras no módulo flip

Temos 3 sensores, um Sony IMX363 de 12Mp Ultrawide de 1/2.55 e abertura f/2.2 para abranger mais ambiente, o principal é um Sony IMX686 de 64Mp de 1/1.73 e abertura de f/1.73 e mais um telefote de 8Mp e abertura f/2.4 que possui zoom óptico de 3x e zoom digital com 12x, tanto ela como o sensor principal, apenas na versão pro, vem com estabilização óptica de imagem um diferencial e tanto para as fotos.

Para vídeo o Zenfone possui capacidade de filmar em até 8k a 30fps com estabilização eletrônica de imagem (EIS) e 4K a 120fps, nem precisamos falar sobre a câmera frontal não é mesmo, já que ambas são a mesma (rsrsrs). Apesar de não possuir um sensor dedicado a fotos macro o sensor ultrawide lhe permite capturar detalhes a 4cm de distância com o foco automático.

Outros detalhes

Um outro detalhe é a cerca da tela, muitos achavam que a Asus iria apostar no desbloqueio por biometria na tela, coisa que vem sendo comum em tops e até alguns intermediários de outras marcas, mas o Zenfone 7 e 7 pro não vão vir com essa tecnologia. o Sensor de impressão digital fica do lado junto com o botão power, sem contar que ali também que fica a smartkeep que ficava num botão separado, agora é tudo integrado.

O que é esse “smartkeep”? Ele já vai ler sua digital se você escolher algum aplicativo específico, parecido com os dois toque e ir para o google assistent, mas aqui será personalizável, como configurar algum comando para abrir o spotfy por exemplo ou outro app e ele já vai ler sua digital caso o app exija isso.

Outro pequeno detalhe é mais como um mal de muitos tops de linha, que é a falta de entrada para fone, nesse caso a Asus afirmou que por conta de ele ser 5G, ter várias antenas e uma bateria maior, faltou espaço para essa entrada, o que não é uma grande surpresa. Outro detalhe a favor é o sensor de queda das câmeras, que fecham, caso esteja virada para que não quebre caso o smartphone caia, já era presente no Zenfone 6, porém com a promessa de estar melhorado.

Outro bom detalhe é que a Asus está mandando na caixa duas capinhas de proteção, a transparente acrílica e uma outra a novidade “active case”, nome dado pela empresa para quem vai usar seu Zenfone mesmo quando for fazer exercício e não usa braçadeira, tem uma trava que impede o flip de ser ativado para não haver acidentes sem contar que ele ainda manda um alerta para o usuário que a câmera está bloqueada.

Um top de linha com configurações poderosas, com muitas “dívidas” e que não muda tanto em alguns aspectos em relação seu antecessor, mas isso não quer dizer que ele seja um smartphone ruim e nem que não mereça estar no hall dos “tops de linha”, mas que a Asus poderia fazer mais, ela poderia, mas só nos resta esperar para saber como ele de fato se comporta e para isso com certeza saberemos mais quando nossos parceiros do Tecnoblog fizerem um review detalhado sobre ele.

Zenfone 6

Enquanto ele não chega de fato nas lojas de nossa terra brasilis ou pelo menos você não queira investir logo no lançamento, vamos ficar com o Zenfone 6. Sua tela como falamos é uma IPS LCD de 6.4 polegadas com proteção Gorilla Glass 6, processador snapdragon 855, o top na época, GPU Adreno 640, 6GB de memória RAM e 64GB de armazenamento expansível até 2TB.

De sua câmera flip temos dois sensores um de 48Mp abertura f/ 1.79 e um outro de 13MF 2.4, filma em 4k a 60fps e slowmotion a 480fps. Nele temos uma bateria de 5000mAh que tem autonomia de 1998 minutos em conversação e 1980 horas em standby, e ele vem com o Android 10 ASUS ZenUI 6 de fabrica.

O que achou do mais novo top de linha da Asus, vale a pena comprar logo no lançamento? Melhor esperar? Vai apostar no Zenfone 6 antes para poder sentir as mudanças melhor? Agora é com você. E se quiser mais dicas como essa acesse o Dicas Especiais . Quer ofertas especiais e atualizadas diariamente? Veja o Super Ofertas e tenha diversos produtos com preços especiais.

Conheça nosso canal no youtube e saiba como economizar nas compras online usando o app do Vigia de preço: